O papel do RH na avaliação de desempenho: 10 benefícios para sua empresa

Trabalhando na Avaliação de Desempenho

 

Com uma boa avaliação de desempenho você pode aumentar em 80% o ENGAJAMENTO e a RETENÇÃO dos colaboradores

 

Hey RH, você quer se sair bem em seu trabalho? Para fazer isso, você precisa de uma compreensão clara do que se espera de você. Você também pode precisar de suporte e treinamento para atender a essas expectativas.

 

A Avaliação de desempenho não é simplesmente um processo anual. Uma boa avaliação de desempenho é uma colaboração contínua e positiva entre colaboradores e gerentes. Ao permanecer conectado com o supervisor durante todo o ano, o colaborador pode fazer ajustes em seu desempenho de trabalho conforme necessário, e o supervisor pode avaliar e apoiar seu desempenho e capacidade de atingir suas metas anuais.

 

Planejamento para o ano

Antes de iniciar uma avaliação de desempenho é preciso que haja um planejamento entre equipes e supervisores, esta é uma discussão sobre metas de trabalho para o ano.

 

A discussão pode incluir:

 

  • Uma revisão da descrição do seu trabalho. 
  • Uma lista de metas para o próximo ano. As metas devem estar vinculadas às metas departamentais e à descrição do seu trabalho.
  • Uma avaliação das habilidades e conhecimentos necessários para atingir os objetivos.
  • Uma discussão sobre objetivos profissionais de longo prazo. Este é um bom momento para oportunizar o crescimento profissional da equipe por meio de treinamento e oportunidades de desenvolvimento. 
  • As metas precisam ser documentadas por meio de um formulário.

 

É necessário que todos estes pontos estejam organizados e esclarecidos para o desenvolvimento da avaliação de desempenho e do PDI dos colaboradores

 

Veja aqui: O que é Plano de Desenvolvimento individual (PDI) e como desenvolver?

 

Quais são os objetivos da Avaliação de Desempenho?

 

A avaliação de desempenho é um instrumento para melhorar os resultados dos recursos humanos da organização. Seus objetivos básicos são: 

 

– tornar dinâmico o planejamento da organização;

– conseguir melhorias voltadas à produtividade, à qualidade e à satisfação;

dos clientes, bem como em relação aos aspectos econômicos e financeiros;

– estabelecer os resultados esperados das pessoas na organização;

– obter o comprometimento das pessoas em relação aos resultados desejados pela organização;

– melhorar a comunicação entre os níveis hierárquicos na organização, criando um clima de diálogo construtivo e eliminando dissonâncias ansiedades e incertezas;

– dar orientação constante sobre o desempenho das pessoas, buscando melhorias;

– gerar informações.

 

3 tipos de avaliação de desempenho

 

O modelo 90º 

 

É conhecido por ser uma avaliação direta e simples, na qual o líder avalia seus próprios subordinados. Ele é considerado a melhor opção para analisar colaboradores que ocupam cargos mais baixos, pois normalmente realizam suas atividades tendo contato direto com a chefia. Dessa forma, a avaliação pode ser mais intensa e completa.

 

Benefícios: 

 

  • A garantia da regularidade nos critérios avaliados;
  • Mais facilidade em conversar com o orientador;
  • Mais facilidade para o colaborador buscar feedbacks com seu gestor.

 

Avaliação 180ª

 

Trata-se de um dos tipos de avaliação de desempenho mais utilizados nas empresas. Ainda, consiste na troca de feedbacks entre os colaboradores e seus gestores imediatos, de forma individual e bastante aberta.

 

Benefícios da 180º: 

 

  • Construção por ambas as partes;
  • Informações mais precisas sobre o desempenho;
  • Identificação de talentos dentro das equipes.

 

Avaliação 360º

 

A avaliação de desempenho 360º é entre o gestor e o seu colaborador, que é quem fará a autoavaliação. 

 

O questionário da análise é para ser preenchido individualmente por cada participante. Depois disso, eles podem discutir os pontos que são divergentes e comuns. Uma forma de chegar a um consenso por meio de um diálogo claro e elaborar um bom plano com estratégias para melhorar o que realmente necessita.

 

Benefícios: 

 

  • Fornecer feedback equilibrado;
  • Fortalecer relacionamentos;
  • Análise dos pontos fortes e fracos da gestão;
  • Identificar pontos de aprendizagem e desenvolvimento.

  

Outras Avaliações importantes e complementares 

 

Pesquisa de liderança: Essa pesquisa ou avaliação, é fundamental para trazer informações pertinentes do ponto de vista do colaborador perante ao líder direto.

 

Pesquisa de clima: Além de identificar a percepção dos funcionários sobre o ambiente interno, a pesquisa de clima permite análises que impactam diretamente nos resultados financeiros. São análises como a da forma com que a liderança é exercida, da integração dos funcionários com os objetivos da organização e das motivações das equipes. 

 

Veja aqui: Benefícios da pesquisa de clima organizacional.

 

Os 9 benefícios da Avaliação de Desempenho 

 

A avaliação de desempenho é um importante instrumento na gestão de pessoas, indispensável em qualquer organização que pretenda obter sucesso nos dias atuais. 

 

As organizações necessitam de metodologias que não só eleve o nível de produtividade, de qualidade e de satisfação dos clientes-usuários, mas também o nível de motivação das pessoas, permitindo que estas alcancem seus objetivos, assim como a organização.

 

Trata-se de uma atividade muito sensível, difícil de ser dimensionada e que exige a participação de todos, cujo sucesso dependerá muito mais dos elementos que colaboram para a viabilização do processo do que das pessoas encarregadas da gestão desse processo.

 

Tão importante quanto avaliar o desempenho das pessoas é a gestão dos resultados dessa avaliação. Dentre seus principais benefícios estão:

 

  1.  definir o perfil dos seus integrantes;
  2. identificar os que apresentam desempenho insatisfatório e necessitam de
  3. treinamento específico;
  4.  identificar o tipo de treinamento necessário à correção dos desempenhos insatisfatórios;
  5.  permitir a ascensão dos que demonstrarem melhor aptidão;
  6.  estabelecer um sistema de recompensas;
  7. identificar as lideranças e formar um banco de talentos;
  8.  permitir a melhoria das relações humanas entre superiores e subordinados;
  9. possibilitar o conhecimento dos padrões de desempenho da organização; e
  10. tornar claro que resultados são conseguidos por intermédio da atuação das pessoas em equipes e não individualmente
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Últimas Notícias

Você merece uma equipe engajada

Número de funcionários:
Atualmente sou:

Você merece uma equipe engajada

A jornada completa do seu colaborador, recrutamento e seleção, avaliação de desempenho e universidade corporativa em um único lugar!

Número de funcionários:
Atualmente sou: