Cultura organizacional: o que significa? Por que ela é importante?

Cultura organizacional é um conjunto de elementos (crenças, valores e normas) que constroem o ambiente organizacional.

 

Esse tipo de construção é importante pois constitui e alinha pontos relevantes para conduzir o comportamento de todos os membros da organização ou empresa. 

 

Neste artigo vamos entender um pouco mais a fundo sobre o que significa cultura organizacional e por que ela é importante para gestão de pessoas. 

 

Mas, afinal, o que significa cultura organizacional?

 

Cultura organizacional se refere à estrutura profunda da organização, ela é fundamentada nos valores, crenças e ideais dos membros da empresa. A cultura organizacional é transmitida e socializada através de uma variedade de rituais e processos que fazem parte do dia a dia de trabalho. 

 

A cultura organizacional participa da construção da identidade da organização, isso porque a partir dela é possível que colaboradores, clientes e concorrentes a reconheçam por meio do seu comportamento, estilo de trabalho e mentalidade.

 

Assim, a cultura organizacional apresenta um forte e crescente impacto no desempenho da organização.

 

Pode-se dizer que os princípios da cultura organizacional são formados pelos valores éticos e morais, crenças, políticas internas e externas, sistemas, e clima organizacional.

 

Veja aqui: A importância do treinamento e desenvolvimento de funcionários na gestão de RH

 

Como saber qual é a minha cultura organizacional?

 

É possível saber o que é a cultura organizacional da sua organização através das regras, normas e parâmetros que são comuns a todos os colaboradores e gestores. São as diretrizes que orientam as premissas para o comportamento organizacional. 

 

Geralmente, a cultura organizacional é desenvolvida pelos gestores, e seus valores e ensinamentos são reflexo de políticas que vão sendo construídas ao longo da gestão da organização. 

 

A cultura organizacional só estará estabelecida a partir do momento que se torna uma guia do comportamento cotidiano da empresa, e, assim, atinge os objetivos organizacionais. 

 

A cultura organizacional pode ser pensada em três aspectos dentro de uma organização: 

 

  • Propósito
  • Pessoas
  • Valores 

 

Veja aqui: A importância de desenvolver o capital humano na sua organização

 

Como definir uma cultura organizacional?

 

A cultura organizacional nasce da mentalidade de quem a cria, ou seja, dependem significativamente da visão de mundo e dos valores dos líderes da organização, com base em seus ideais e crenças. 

 

Ou seja, cada empresa possui uma cultura e uma identidade únicas. 

 

No entanto, existem alguns fatores que podem ser pensados para definir a cultura da sua organização:

 

  • Valores organizacionais: fenômenos que orientam o comportamento geral;
  • Poder organizacional: a capacidade de determinar resultados na organização;
  • Jogos políticos: como as pessoas influenciam decisões com sistemas de poder
  • Ritos: atividades que demonstram os valores na prática;
  • Mitos: acontecimentos manifestos em forma de histórias, símbolos e metáforas.

 

Defina os três pilares da cultura organizacional: Missão, Visão e Valores

 

Missão, visão e valores são os pilares que organizam uma empresa, como um documento oficial que define a cultura organizacional.

 

Com esses três princípios totalmente integrados a cultura da empresa terá um propósito forte e inspirador, e, assim, sucesso em engajar seus colaboradores em torno dos objetivos da empresa.

 

O que querem dizer: 

 

  • Missão:  razão de existência da sua empresa e seu papel no mercado
  • Visão: destino da empresa, o lugar onde ela se enxerga no futuro
  • Valores: são os princípios inegociáveis que funcionam como um mantra.

 

Ao longo do tempo, esses pilares podem – e devem – ser ajustados para acompanhar a evolução das metas e perspectivas da organização. 

 

Um outro fator interessante, é que a cultura organizacional – assim como os pilares – pode ser redefinida de acordo com as novas práticas e olhares de seus líderes.

 

Para isso, existem instrumentos que podem ajudar nessa construção, como a pesquisa de clima, questionários, entrevistas e reuniões.

 

Veja aqui: Sistema de RH: qual a importância para seu negócio?

 

A cultura organizacional ajuda a construir a identidade e a marca da empresa 

 

A cultura de uma empresa tem o papel de fundamentar as relações entre os membros e permitir a construção da identidade da empresa.

 

Essa identidade é consolidada ao longo do tempo, em um processo que define certos valores, práticas e atividades.

 

Assim, os colaboradores podem se identificar com as representações da empresa, o que gera engajamento e sensação de pertencimento.

 

É somente a partir da identidade constituída que estratégias importantes como employer branding.

 

Veja aqui 5 estratégias de Employer Branding para empresas atualizadas

 

Os benefícios de uma cultura organizacional forte

 

Os benefícios de uma cultura organizacional forte vão desde o aumento de produtividade dos colaboradores até o fortalecimento da marca.

 

 A cultura organizacional é crucial na retenção de talentos, pois motiva os colaboradores a alinharem seus valores pessoais com os propósitos da empresa.

 

O resultado são profissionais que enxergam os objetivos da empresa como se fossem suas próprias metas de vida, que obviamente se dedicam muito mais aos seus empregos.

 

Em tempos de valorização central do capital humano, as empresas ganham imensa vantagem competitiva com a cultura organizacional – e transformam o engajamento em lucratividade.

 

A cultura de uma empresa pode influenciar positivamente na consecução dessas exigências de maneira satisfatória. Constitui-se de um mecanismo de padronização e previsibilidade do comportamento das pessoas.

 

Veja aqui: Como utilizar a avaliação de desempenho para impulsionar o sucesso!

 

Por que a cultura organizacional é tão importante para os gestores de recursos humanos?

 

A gestão dos recursos humanos é um dos aspectos mais importantes de uma organização antenada com o futuro. Conforme a pesquisa Tendências globais de capital humano 2021 realizada pela Deloitte, uma das grandes tendências é mudar o papel do RH da padronização e aplicação de políticas laborais para uma nova responsabilidade de re-arquitetar o trabalho em toda a empresa. 

 

O objetivo da cultura organizacional é auxiliar nesses processos, direcionando as relações internas e permitindo que os colaboradores trilhem um caminho comum.

 

Dessa forma, a cultura organizacional deve ser vista pelos gestores como um recurso que contribui para alcançar as metas estabelecidas, tanto para as equipes quanto para o negócio como um todo.

 

Ainda pensando os processos que envolvem a gestão de pessoas nessas transformações no mercado de trabalho, a plataforma de RH da Umentor contribui de forma significativa para fortalecer a cultura organizacional através da união entre Universidade Corporativa, Avaliação de desempenho e banco de talentos. São processos automatizados que ajudam a definir o lugar estratégicos dos profissionais de RH na cultura organizacional.

 

Qual o impacto de uma plataforma de RH na função do RH e na cultura organizacional?

 

Como essas tecnologias mudam especificamente a função de RH NA CULTURA ORGANIZACIONAL?  Na medida que as tecnologias de recursos humanos começam a ser implantadas, o setor de RH pode se concentrar cada vez mais em como projetar um local de trabalho que coexista com novas tecnologias e se dedicar para uma função estratégica na organização.

 

Mas mais ainda: os dados e a automação trazidas por uma plataforma de RH, fazem do setor de RH um protagonista na organização.

 

Um Sistema de RH  permite, além disso, a constante inovação, já que torna-se possível repensar formas de trabalho e objetivos organizacionais de maneiras novas e estimulantes. Em vez de se tratar apenas de reagir é possível construir e inovar com a tecnologia.

 

6 benefícios sólidos de uma Plataforma de RH na sua cultura organizacional

 

Há muitos benefícios  advindos do uso de uma plataforma de RH, alguns deles ressoam mais profundamente, dependendo da configuração e do estilo do seu negócio e das áreas específicas com as quais você está tendo problemas ou dificuldades.

 

Isso também depende do nível de maturidade do significado da sua cultura organizacional:

 

1)maduro: definição de valores, missão e propósito, organograma e fluxo organizacional, departamento de RH e/ou gestão de pessoas estruturado;

2)média: definição de valores, missão e propósito, organograma e fluxo organizacional em construção, departamento de RH e/ou gestão de pessoas se estruturando;

3)fraco: nenhuma definição de valores, missão e propósito, não há organograma e fluxo organizacional, sem departamento de RH e/ou gestão de pessoas.

 

Caso a sua organização esteja em nível de maturidade 1 e 2 aqui estão alguns dos melhores benefícios de uma Pataforma de RH para sua cultura organizacional:

 

  1. Menos papelada e uma equipe de RH liberada

 

Uma plataforma de RH automatiza muitas das tarefas administrativas tediosas executadas por uma equipe de RH e, portanto, oferece mais tempo para agregar valor real ao seu negócio, apoiando e treinando funcionários e gerentes e torando o seu RH estratégico na empresa.

 

  1. Dados de RH mais rápidos e confiáveis ​​para sua organização

Gere relatórios com o toque de um botão para obter dados específicos de funcionários sobre diferentes áreas de sua empresa – desde a rotatividade de funcionários até os planos de carreira e desenvolvimento de pessoal

 

  1. Redução nos custos de RH

 

Graças ao tempo e dinheiro que você economizará automatizando muitas de suas funções de RH, é muito provável que você precise de menos funcionários administrativos de RH para realizar tarefas manualmente, reduzindo assim os custos com funcionários neste departamento.

 

  1. Aumento na precisão

 

Como muitos processos de RH serão executados automaticamente, seguindo fluxos de trabalho predeterminados e regras definidas, é provável que ocorram menos erros em comparação com os mesmos processos sendo realizados manualmente por um auxiliar de RH. Uma redução na taxa de erro do departamento de RH pode ter muitos benefícios indiretos.

 

Por exemplo, um processo de recrutamento mais ágil pode incentivar funcionários em potencial a trabalhar para sua empresa. Naturalmente, menos erros também geralmente significam menos custos para corrigi-los.

 

  1. Melhoria no moral da equipe

 

Ligado ao conceito de menos erros, uma plataforma de RH pode criar processos que têm um impacto demonstrável no moral da equipe. Se um funcionário acredita que a empresa para a qual trabalha oferece a ele um processo de avaliação de desempenho estruturado e transparente e permite que ele possa se desenvolver com facilidade, é provável que ele se sinta mais motivado e investido.

 

  1. Oportunidades para preparar seu negócio para o futuro

 

É provável que sua organização cresça no futuro, trazendo grandes oportunidades, mas também alguns desafios em relação à administração de novos procedimentos de RH, aumento do número de funcionários e outras tarefas mais complexas.

 

Uma plataforma de RH foi projetada para crescer em conjunto com seus negócios, permitindo que você adicione recursos extras que talvez não precisasse anteriormente, redesenhe fluxos de trabalho existentes e aumente a capacidade de registro de funcionários, permitindo que você gerencie com mais eficiência esse momento desafiador.

 

Gostou desse conteúdo? Então compartilha nas redes sociais 😉

 

 

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Últimas Notícias

Você merece uma equipe engajada

Número de funcionários:
Atualmente sou:

Você merece uma equipe engajada

A jornada completa do seu colaborador, recrutamento e seleção, avaliação de desempenho e universidade corporativa em um único lugar!

Número de funcionários:
Atualmente sou: