RH orientado por dados: a chave para reter talentos e aprimorar a experiência do funcionário

As apostas permanecem altas para os líderes e executivos de RH no ano de 2022. Principalmente quando tratamos de uma abordagem baseada em dados.

 

As empresas ainda estão lutando para combater os problemas de desemprego resultantes da pandemia. O esgotamento continua sendo uma preocupação fundamental para 87% das empresas em nível mundial. 

 

Os empregadores estão sendo forçados a renovar suas estratégias de benefícios para permanecerem competitivos. Encontrar o equilíbrio certo entre satisfazer as novas necessidades dos funcionários e manter os negócios continua sendo um desafio para as empresas; portanto, centralizar sua estratégia de RH em torno dos dados é fundamental. 

 

Isso porque uma abordagem de RH baseada em dados fornece insights para executivos tomarem decisões estratégicas que auxiliam na retenção de talentos de qualidade e, ao mesmo tempo, aprimoram a experiência do funcionário.



Detectando pontos cegos 

 

Sem dados sobre pessoas, os líderes de RH carecem de uma compreensão substantiva de por que os colaboradores estão ficando ou saindo da empresa. O mercado de hoje é muito mais competitivo do que há um ano. Os funcionários podem pedir salários mais altos, aumentos mais frequentes, maior flexibilidade para trabalhar em casa e mais benefícios. 

 

O sucesso dos empregadores nessa mudança depende muito da visibilidade dos desejos e necessidades de seus funcionários. Usando dados, as empresas podem avaliar seu andamento em cada área. 

 

As organizações precisam analisar suas finanças, pesquisar as médias do mercado e da indústria e garantir que estão oferecendo salários e benefícios competitivos. Essa percepção também determinará aumentos, bônus adicionais e que tipo de salários devem ser oferecidos para os cargos em aberto.

 

Além disso, os dados dos funcionários fornecem percepções sobre a eficácia das opções de benefícios. Os benefícios do local de trabalho são cada vez mais essenciais. 

 

No entanto, eles só funcionam se seus funcionários estiverem realmente utilizando tais benefícios. Ou seja, se seus colaboradores não acreditarem nos benefícios oferecidos, eles podem optar por ir embora. Isso é especialmente verdadeiro para setores que enfrentam altas taxas de rotatividade. 

 

Reunindo-se com os funcionários individualmente, conduzindo pesquisas e utilizando os dados demográficos disponíveis, as empresas podem analisar como ajustar as opções atuais de saúde e benefícios. Usar práticas estratégicas de RH e tomar decisões informadas com base em dados compartilhados de forma transparente cria uma via de mão dupla de responsabilidade para executivos e funcionários.

 

Veja aqui: People analytics: tudo o que você precisa saber!



Ressignificando o trabalho híbrido 

 

As inovações tecnológicas ajudaram a suprimir preocupações de trabalho remoto, como: ‘como posso saber se meus funcionários estão trabalhando?’ 

 

Para muitas empresas, ferramentas de colaboração como Slack e Zoom tornaram a mudança perfeita; no entanto, o trabalho híbrido ainda tem suas desvantagens. 

 

As linhas entre trabalho e vida doméstica estão mais tênues do que nunca, levando a um aumento do esgotamento. Embora as empresas estivessem investindo na criação de locais de trabalho estimulantes e saudáveis ​​antes da pandemia, elas agora têm a tarefa de desenvolver políticas que incentivem mais fortemente os funcionários a priorizar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional. 

 

 Os dados também são um indicador-chave de produtividade entre os funcionários. A forma como as empresas medem o sucesso mudou, exigindo a coleta de várias novas informações. Por exemplo, entender quanto tempo é gasto em reuniões em comparação com o foco no trabalho ou quais ferramentas de trabalho atrapalham mais do que ajudam.


Veja aqui: Como liderar equipes com um modelo híbrido de trabalho?

 

Construindo a experiência do funcionário além dos cargos 

 

A maneira como uma empresa vê a importância de seus colaboradores tem um impacto direto na experiência do funcionário. Fazer com que os líderes prestem atenção aos indivíduos que compõem sua organização é fundamental para a conscientização sobre a mudança do status quo e na retenção de talentos.

 

Por exemplo, é possível adotar uma abordagem de “visão holística”, na qual os funcionários da empresa são vistos como seres humanos completos, em vez de simplesmente pessoas sentadas. Por meio dessa abordagem e do uso de dados para determinar onde os funcionários realmente se destacam e o que os mantém engajados, torna-se possível ajudar a desenvolver caminhos mais claros para a ascensão dos colaboradores. Isso ajuda a implementar oportunidades de crescimento em suas carreiras para além de sua função, melhorando, em última análise, a experiência de seus funcionários. Para aprimorar ainda mais a experiência do funcionário, os líderes de RH precisam garantir que os funcionários sejam ouvidos. 

 

Um pilar fundamental disso é investir e melhorar as iniciativas de coleta e análise de dados;. Os profissionais de RH têm acesso a dados de recrutamento, dados de crescimento de funcionários e processos de entrevista. Se sua organização ainda não está acompanhando isso, é melhor você começar!

 

Coletar e apresentar esses dados a uma equipe de liderança os torna cientes da composição da equipe, onde há oportunidades de desenvolvimento. O foco precisa ser na educação, responsabilidade, contratação e desenvolvimento de carreira. 

 

Veja aqui: O que é Employee Experience e como realizar na minha empresa?

 

O mercado de talentos de 2021 mudou drasticamente a maneira como as empresas lidam com recrutamento, integração, retenção e desligamento. Nos próximos anos, as empresas precisarão estabelecer níveis elevados de engajamento e ficar em sintonia com seus funcionários, mesmo quando eles estiverem trabalhando remotamente. Não existe uma resposta única para todos, portanto, o melhor caminho será aquele que É TRILHADO JUNTAMENTE COM OS DADOS. 



Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Últimas Notícias

Você merece uma equipe engajada

Número de funcionários:
Atualmente sou:

Você merece uma equipe engajada

A jornada completa do seu colaborador, recrutamento e seleção, avaliação de desempenho e universidade corporativa em um único lugar!

Número de funcionários:
Atualmente sou: